Banner artigo 12 Bons Hábitos para toda a Família Ajudar na Hora de Poupar

12 Bons Hábitos para toda a Família Ajudar na Hora de Poupar

No atual cenário económico em que assistimos a uma subida generalizada de preços e taxas de juro, a perda de poder de compra é real. E chegar ao final do mês com as contas equilibradas pode exigir um novo olhar para o orçamento familiar.

Assim, na 24 Kredi reunimos um conjunto de estratégias simples e práticas, para que seja possível alcançar um equilíbrio financeiro satisfatório. Afinal, dicas de poupança são sempre bem-vindas.

  1. Elaboração de um Orçamento Mensal

O primeiro passo para uma gestão financeira bem-sucedida é a elaboração de um orçamento mensal. Este deve incluir todas as fontes de renda e despesas, tanto fixas quanto variáveis. A clareza sobre onde o dinheiro é gasto possibilita identificar oportunidades de poupança.

É fã das aplicações para smartphones que ajudam nestas tarefas? Existe já uma oferta muito diversificada. Contudo, se não for adepto destas aplicações, opte pela simplicidade: papel e caneta ou uma folha de cálculo MS Excel ou Google Sheets.

  1. Análise Detalhada das Despesas

Faça um levantamento minucioso de todas as despesas. Muitas vezes, os gastos menores, quando somados, representam uma parcela significativa do orçamento. Reconhecer e ajustar esses pequenos gastos pode levar a poupanças consideráveis.

  1. Redução de Gastos Não Essenciais

Com um entendimento claro das despesas, é hora de cortar ou substituir gastos não essenciais. Pequenas mudanças de hábito, como preparar refeições em casa em vez de comer fora, podem resultar em poupanças significativas.

  1. Planeamento Inteligente das Compras

Antes de ir às compras, seja de supermercado ou outros itens, planei-e. Faça uma lista do que realmente necessita, aproveite promoções e evite compras impulsivas. Esta abordagem reduzirá despesas desnecessárias.

  1. Economia de Recursos

Pequenas ações, como reduzir o consumo de energia e água, podem diminuir significativamente as despesas mensais. Gestos simples como tomar banhos mais curtos e usar lâmpadas LED fazem a diferença.

  1. Alternativas de Transporte

Considerar alternativas ao uso do carro, como transportes públicos, bicicleta ou mesmo caminhadas, pode reduzir significativamente os custos de transporte.

  1. Diversificação de Rendimentos

Explore oportunidades para gerar renda extra. Venda de produtos não utilizados, transformar um hobby em um pequeno negócio ou até mesmo um trabalho paralelo podem ser opções viáveis.

  1. Priorização de Poupança e Investimentos

Crie o hábito de separar uma parte dos rendimentos para poupança ou investimento logo no início do mês. Esta prática ajuda a construir um fundo de emergência ou contribuir para objetivos financeiros a longo prazo.

  1. Renegociação e Transferência de Contratos

Revise contratos existentes, como de energia, telecomunicações e seguros. Renegociar ou transferir estes serviços pode resultar em redução de custos.

  1. Gestão Inteligente de Créditos

A revisão das condições dos créditos existentes, como o crédito à habitação, pode aliviar o orçamento mensal. Considere a transferência do crédito para instituições com condições mais vantajosas.

  1. Consolidação de Créditos

A consolidação de vários créditos num só pode simplificar a gestão financeira e reduzir o montante das prestações mensais.

  1. Manutenção da Informação Atualizada

Estar informado sobre direitos, isenções fiscais e benefícios pode trazer poupanças adicionais. Conhecimento é um recurso valioso na gestão de finanças pessoais.

Estas dicas, aplicadas com consistência, podem transformar a gestão do orçamento familiar, levando a uma maior tranquilidade financeira. Acompanhamento e ajustes regulares são fundamentais para garantir que o plano de poupança esteja sempre alinhado com as necessidades e objetivos da família.

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *